Uma aula de Raimundo Carrero na Fliporto

O escritor Raimundo Carrero fechou a última noite de Fliporto oferecendo uma grande aula de literatura à plateia.

Famoso pelas oficinas literárias que promove no Recife, Carrero compartilhou suas ideias sobre o ensino da escrita criativa, e comentou alguns bastidores da criação de seu novo lançamento, a tetralogia Condenados à vida. Definindo a robusta obra como parte de sua vida e não apenas de sua obra literária, o autor compartilhou com o público os caminhos que utiliza e ensina para que jovens escritores consigam colocar suas ideias em prática.

Para Carrero, a produção textual passa pelos processos de eclosão, quando as referências pessoais coletadas ao longo da vida procuram uma vazão artística, intuição, quando o escritor busca formatar e editar seus afetos em um texto compreensível, técnica, quando as regras de linguagem vem limpar a criação de forma que ela tenha clareza, e por último a forma, quando o estilo pessoal do autor toma a frente e arremata a criação.

O autor comentou ainda sobre seu futuro projeto, um romance ambientado na Recife dos anos 30 e que olha para as jovens sexualmente reprimidas que terminam presas no meio da prostituição.

Deixe uma resposta