Fliporto discute o empoderamento feminino

A diretora de jornalismo da Rede Gobo Jô Mazarollo mediou uma conversa sobre empoderamento feminismo que contou também com a participação da poetisa Maria de Lourdes Hortas e Bianca Lacerda, da secretaria da mulher de Ipojuca.

Bianca comentou sobre como o poder de voz feminino é uma conquista relativamente recente. Apesar de reconhecer que a mulher tem cada vez mais galgado espaços de poder que lhe eram anteriormente negados, a secretária diz que a luta ainda é árdua e muito longa. Sua própria experiência como secretária inclusive, se mostrou desafiadora também por questões de gênero. Sobre a secretaria, ela relembra que nem todos os municípios do estado contam com esse aparelho, que é essencial.

Pensando sobre as mudanças galgadas pelo movimento feminista no panorama literário, Maria de Lourdes analisou a diferença entre os temas dos quais a poesia escrita por mulheres tratava. Se antes a voz feminina era muito limitada a um universo romântico, o passar dos tempos levou poetisas a se inspirarem e terem a chance de falar sobre quaisquer assuntos.

A discussão foi complementada por Mazarollo, que relembrou como a pressão e os moldes sociais levam as mulheres a duvidarem de suas próprias potências, quando na verdade tem a mesma capacidade intelectual que os homens. Ela ressalta também que “a mulher informada é uma mulher mais forte e capaz de se defender” e que esses questionamentos não estão necessariamente ligados à classe social, desde as mais pobres até as milionárias podem ser vítimas.

Deixe uma resposta